Governo do Amazonas possibilita inserção no mercado de trabalho, com cursos no Prosamim

Curso de agentes de portaria no Prosamim São Raimundo em parceria com o CETAm
Capacitação profissional no Prosamim São Raimundo

05/04/2018

“Eu estava desempregado há quase dois anos. Estava perdendo as esperanças, mas agora as coisas serão diferentes. Agradeço muito a oportunidade de me capacitar, para tentar melhorar de vida”. O depoimento de Fábio Abreu, 36, morador do Parque Residencial São Raimundo, que integra o Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), comprova a importância da qualificação profissional para entrar no mercado de trabalho.

Fábio, que mora no Prosamim, é um dos alunos do curso de Agente de Portaria, promovido em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam). Ele conta que viu a vida mudar quando começou a se profissionalizar. “Perdi muitas vagas de emprego. Enviava meu currículo para as empresas e não era chamado. Logo que entrei no curso, atualizei o currículo, reenviei e dois dias depois, já estava fazendo a entrevista e os exames admissionais. Foi o impulso que faltava para entrar no mercado”, comemorou.

Diferencial – A parceria com o Cetam possibilita a capacitação da comunidade do Prosamim em diversas áreas de atuação. Para a diretora acadêmica Arlene Bonfim, os cursos realizados em conjunto com o programa agregam valor e tornam-se um diferencial, no momento de uma seleção de emprego.

“Ter um curso profissionalizante pesa muito para os candidatos que estão na disputa por uma vaga. A capacitação é muito importante para qualquer pessoa, é só por meio dessas parcerias que a gente consegue chegar nas comunidades”, pontuou Arlene.

Responsável pela base de atendimento do Prosamim São Raimundo, a Assistente Social Lílyan Barroso se diz satisfeita em poder acompanhar o crescimento profissional dos moradores do residencial e seus entornos. “Preparar essas pessoas para o mercado garante emprego e renda e ainda promove a inclusão social. É um trabalho muito importante”, considerou.

A atividade é oferecida pelo Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Manaus e Unidade Gestora de projetos Especiais, realizada pela equipe socioambiental do Prosamim. O curso tem três meses de duração e já estão previstos outros, também em parceria com o Cetam, como Atendente de Farmácia e Artesanato, este último com início previsto para o dia 16 de abril.

Fotos: Divulgação