Governo do Amazonas encerra atividades da Colônia de Férias do Prosamim com sucesso

Foto: Lucas Silva
Foto: Lucas Silva

A semana termina com as atividades do último dia de Colônia de Férias do Prosamim nos Parques Residenciais Cajual e Liberdade, zona Sul de Manaus. Conscientização ambiental foi a mensagem passada no encerramento da Colônia de Férias do Liberdade, que foi realizado no Parque Gilberto Mestrinho, com a oficina de artesanato e de produção de sabão a partir do óleo e cozinha que é descartado. A oficina foi realizada com a colaboração da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp).

O biólogo José Rodrigues mostrou como é feito o sabão, enquanto as crianças observavam, sem manusear os componentes químicos. As crianças também participaram de palestra da educadora Daniela Monteiro, da Semulsp, que explicou sobre o ciclo do lixo e a importância de manter o espaço público limpo para o bem comum.

Na oficina de artesanato as crianças aprenderam a produzir brinquedos feitos com material reciclável como garrafas pet, latinhas, cordas, CDs, embalagem tetrapak. Os brinquedos ecológicos, como bonecos, carros, foram doados às crianças.

“ Dessa maneira, eles puderam aprender o ciclo do lixo e como o que seria descartado na natureza pode se transformar em algo útil ”, reforçou o coordenador executivo da UGPE, Claudemir Andrade, que fez questão de participar da atividade.

Cajual

O encerramento da Colônia de Férias do Cajual foi a pedido das próprias crianças: circuito de futebol de sabão, onde eles puderem se divertir, interagir e gastar as energias.

Colônia de Férias Prosamim

A Colônia de Férias do Prosamim começou dia nove de janeiro, com atividades sempre na parte da tarde. No total, cerca de 400 crianças, com idades entre de 2 até 16 anos, aproveitaram a programação. Todas as crianças, moradoras nos Residenciais Cajual, Liberdade, São Raimundo, Mestre Chico e entorno, puderam participar das atividades gratuitas.

A programação contou com muitas atividades, de cineminha a apresentação circense. Isso sem contar com as gincanas e circuito de rua com muitas brincadeiras antigas, tipo como cabo de guerra, corrida do ovo, corrida balão com água.

Também teve espaço para as oficinas, de dança, de mágica, capoeira e até de “encadernamento” com material especial, já pensando nos preparativos para o ano letivo.

Toda a programação foi realizada pela equipe social do Prosamim, do Governo do Estado, que é executado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Manaus (SRMM) e Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE).