CHEFE DE DIVISÃO DO BID VISITA OBRAS DO PROSAMIM

O chefe de Divisão  do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Henry Moreno, que tem mais de 11 anos de experiência na Instituição, visitou as obras do PROSAMIM no dia 29 de julho e participou de reunião com a equipe de técnicos do Programa.
Ao coordenador executivo do PROSAMIM,Frank Lima, o especialista disse ter ficado muito impressionado com o que viu e que o Programa é mesmo uma referência.
Henry Moreno indagou quantas famílias vivem hoje em áreas de preservação, como margens de igarapés, na cidade de Manaus. O chefe de Engenharia do Programa, Luiz Eduardo Rabelo, disse que totalizam cerca de 40.000 famílias.
O representante do BID também ficou curioso com a diferença entre a execução do Programa em Manaus. «As duas secretarias de obras que desenvolvem o PROSAMIM trabalham da mesma forma?»,indagou ele.
Luiz Eduardo Rabelo explicou que o PROSAMIM é um Programa só mas são diferenciadas as ferramentas utilizadas pela UGPI, que utiliza financiamento do BID, e pela Secretaria de Infraestrutura do Estado (SEINFRA), que trabalha com recursos do Estado e do Governo Federal.
A subcoordenadora da área Social da UGPI,Barbara Araújo dos Santos, complementou a informação dizendo que as diretrizes são semelhantes mas as formas de indenizações para reassentamentos são diferenciadas.
A equipe da UGPI falou ainda ao especialista sobre a execução de obras de esgoto, que o Programa desenvolve; apresentou a extensão de 530 hectares que será trabalhada na Bacia do São Raimundo; falou de previsões para inaugurações de obras e sobre a forma que o PROSAMIM custeou o estudo para implantação da tarifa social de água e esgoto em Manaus.